Comentário da manhã

Comentário da manhã – 24/01/2020 (10h08min) SOJA – CBOT opera novamente em baixa (4 cents) nesta manhã de sexta-feira, a U$ 9,05/março.

É a sétima sessão com números negativos das oito últimas.

Sem sinais claros de que a China voltará a comprar volumes expressivos nos EUA, o mercado se mantém cético quanto ao cumprimento do acordo celebrado com o governo Trump.

Além disto, a Safra sul-americana, notadamente a brasileira, começa a chegar ao mercado – aumentando a disponibilidade e, internamente, elevando o custo do transporte.

Do outro lado do mundo, na China, começa hoje o feriado de uma semana para celebrar a chegada do novo ano lunar em meio à crescente preocupação com o avanço do coronavírus.

O que nos é apresentado para os próximos dias: mais oferta e menos atividade comercial.

A soja brasileira segue atrativa para os importadores chineses, em preço e, sobretudo, em qualidade.

No mercado interno os preços seguem em queda – pressionados em duas frentes: perdas na CBOT e elevação dos fretes.

Indicações de compra na faixa de R$ 81,50/82,50 no oeste do estado e, em Paranaguá, na faixa entre R$ 86,50/87,00 – dependendo de prazo de pagamento e, no interior, também do local de embarque.

MILHO – opera em queda de 2 a 3 cents, a U$ 3,90/março, nesta manhã de sexta-feira.

Ontem mercado registrou alta de 5 cents.

Internamente, os preços se mantém firmes, distantes da paridade de exportação.

No curto e médio prazo o mercado segue sustentado por fatores como, o grande volume de exportações, que deverá fechar o ano acima de 42MT e vem provocando limitação da oferta doméstica; atraso do plantio da safrinha e quebra da safra de verão, notadamente no Rio Grande do Sul.

O STF marcou para o dia 19 de fevereiro o julgamento para definir se a Tabela de Fretes é constitucional ou não.

O setor produtivo é radicalmente contra a tabela e defende a livre concorrência do setor.

Indicações de compra, no oeste do estado, entre R$ 45,50/46,00 – dependendo de prazos e de localização.

Porto, com indicações entre R$ 42,00/43,00 por saca.

(AS INDICAÇÕES DE PREÇO, TANTO PARA SOJA QUANTO PARA MILHO, SÃO UMA IDEIA GENÉRICA DE PREÇOS PARA O OESTE DO ESTADO E, EVENTUALMENTE, PARA O PORTO DE PARANAGUÁ.

PARA INDICAÇÕES MAIS PRECISAS É NECESSÁRIO SUBMETER O LOTE EM QUESTÃO NUMA PROPOSIÇÃO FIRME DE VENDA PARA O MERCADO – PARA ISTO, LIGUE PARA GRANOESTE: (45) 3220-8383).

DÓLAR – Opera em alta nesta manhã, cotado próximo de R$ 4,19.

(GRANOESTE CORRETORA – Camilo /Stephan).