Comentário de Mercado

SOJA – CBOT opera em leve alta, a U$ 13,78/março, nesta segunda-feira. Na semana passada, entre altas e baixas, houve ganhos apenas moderados. O mercado segue focado na redução dos estoques finais dos EUA e mundiais, bem como no andamento da colheita da safra brasileira.
– Na última semana, durante o Fórum Anual do USDA, foram divulgadas as primeiras projeções para a safra norte-americana, 2021/22. O plantio, que vai de fins de março até início de junho, deverá receber forte incremento, podendo chegar a 36,42 milhões de hectares, alta de 8,3% sobre os 33,63MH da última temporada. A produção está estimada em 123,2MT, alta de 9,5% ante as 112,5MT desde último ciclo.
– No mercado doméstico, os preços se mantêm firmes. Porém, depois de muito tempo, os prêmios cederam ao campo negativo em algumas situações, com indicações entre 10 pontos negativos a 10 pontos positivos no mercado spot. Frete segue em alta com o aumento da demanda. Negócios continuam escassos e pontuais uma vez que a principal preocupação é acelerar o embarque dos lotes vendidos antecipadamente.
– Indicações de compra no oeste do estado na faixa entre R$ 155,00/157,00 para embarque curto. Em Paranaguá, interesse de compra na faixa de R$ 164,00/166,00 por saca.

MILHO – CBOT opera em alta de 2 a 4 cents, a U$ 5,46/março, nesta manhã de segunda-feira. Na sexta-feira, o pregão fechou em U$5,42, com queda de 7 cents. Na semana passada, o mercado recebeu sinais mistos, quando o USDA, no fórum anual, em suas projeções, aumentou área de plantio de milho, produção e estoques finais dos EUA para a próxima temporada. Em contrapartida, o mercado acredita que a demanda pelo grão estadunidense continue forte.
– De acordo com a Secex, o volume de milho brasileiro exportado na temporada 2020/21 foi de 34,85MT, abaixo da temporada 2019/20, quando as exportações foram de 41,17MT. Nesta temporada, o Irã foi o principal importador, com 4,41MT; seguido do Vietnã, com 3,84MT; Japão, com 3,83MT e Egito, com 3,53MT.
– De acordo com o IMEA, no Mato Grosso o plantio de milho safrinha atinge 35,96%. Em período equivalente no ano passado, o índice era de 79,6%.
– Interesse de compra, no oeste do estado, na faixa de R$ 79,00/80,00 por saca, dependendo de localização e prazo; em Paranaguá, na faixa de R$ 82,00/84,00 por saca.
CÂMBIO – Dólar opera forte alta, na casa de 5,52. Na sexta-feira, fechou em R$ 5,384 (Granoeste – Camilo / Stephan).