Comentário de Mercado

SOJA – Chicago opera em alta (6 a 7 cents) pela terceira sessão seguida, nesta manhã de segunda-feira, a U$ 8,57/julho. Na sexta houve ganhos de 7 cents; a CBOT se situa no melhor patamar em um mês.
– Compras chinesas observadas na última semana dão suporte aos preços. Porém, o posicionamento dos negociadores frente ao relatório de oferta e demanda de maio, que será divulgado pelo USDA amanhã, mantém certo tom de cautela.
– O relatório de maio marca o início das projeções do quadro de oferta e demanda para a nova temporada, desta vez a temporada 2020/21. O mercado aguarda um significativo aumento da produção norte-americana sobre a última safra; porém, a demanda também está prevista em alta, retendo qualquer aumento mais expressivo dos estoques.
– Logo mais, no fim da tarde o USDA vai atualizar os índices de plantio da safra norte-americana, que vem sendo semeada em ritmo recorde. O mercado também espera avaliações sobre possíveis perdas com a intensa onda de frio que atingiu os campos do Meio Oeste entre quinta e sexta da semana passada.
– O Mercado segue monitorando a evolução e as consequências da pandemia de coronavírus sobre a economia; também se mantém atento às tensões entre China e EUA que pode determinar a intensidade das negociações com soja entre os dois países.
– Internamente o câmbio segue impulsionando as negociações tanto de lotes remanescentes de safra velha, quanto de safra nova.
– Levantamento da equipe de Safras & Mercado indica que a comercialização desta temporada chega a 85,2%, ante 55,4% da mesma época do ano passado e 59% de média histórica. Para a temporada 2020/21, segundo a consultoria, a comercialização chega a 31,5%.
– A safra brasileira deverá totalizar 124,6MT, ante 119,3MT do ano anterior (Safras & Mercado /levantamento divulgado na última sexta-feira). A área semeada ficou em 37,15 milhões de hectares, contra 36,38MH do ciclo anterior. No RS, estado atingido por estiagem severa, a produção se situa em 13,9MT, ante 20,4MT da estação anterior.
– Indicações de compra no oeste do estado na faixa entre R$ 104,00/106,00 no oeste do estado – dependendo de local de embarque e de prazo de pagamento; Em Paranaguá, com prêmios spot na faixa entre 55/65, indicações entre R$ 113,00/117,00 / este último com prazos bastante alongados.
CÂMBIO – Volta a operar em forte alta, na faixa de R$ 5,80 – fechamento de sexta, a R$ 5,744 (Granoeste – Camilo / Stephan).