Comentário de Mercado

SOJA – CBOT opera em baixa de 2 cents nesta manhã de quinta-feira, a U$ 8,37/julho, dando continuidade ao tom negativo da jornada anterior, quando foram registradas perdas de 13 cents.
– A situação econômica global, com previsão de ocorrer o pior desempenho desde a Segunda Guerra Mundial, segue como maior entrave para o aumento da demanda. Num cenário de incertezas, é franca a aversão ao risco, o que implica em queda de investimentos.
– A tensão comercial e geopolítica entre EUA e China também é fator negativo para o andamento dos negócios.
– O aumento dos estoques de soja dos EUA nesta temporada, de 13,0MT para 15,8MT também atua como fator de pressão.
– Porém, na linha do tempo, os estoques dos EUA vêm caindo. Na safra 2018/19 eram de 24,7MT; nesta temporada está projetado em 15,8MT e na próxima, em 11,0MT. Ao mesmo tempo, a demanda da China é projetada em alta: era de 82,5MT na temporada 2018/19; em 92,0MT neste ciclo e em 96,0MT no ciclo 2020/21.
– No mercado doméstico, os preços seguem em níveis recordes, respondendo ao avanço da taxa de câmbio / que, por sua vez, responde às incertezas políticas e econômicas e se situa nas máximas históricas. Indicações no oeste do estado na faixa entre R$ 108,00/110,00, com prazos estendidos. Nos portos os preços giram entre R$ 115,00/117,00 – dependendo de prazos, que podem chegar a agosto/setembro.

MILHO – CBOT trabalha em linha com fechamento de ontem, a 3,18/julho. Ontem houve perdas de 4 cents. A pressão se deve à ausência de fatores positivos, juntamente com queda nas bolsas da Ásia e Europa, que voltam a mostrar fraqueza.
– As chuvas dão certa trégua no padrão de estiagem que se viu nas últimas semanas e que já preocupava bastante. Mas ainda é cedo para uma avaliação completa de perdas na safrinha, sobretudo nos estados do PR, MS e SP.
– Outro fator de sustentação é a taxa de câmbio, que vem permitindo melhores preços no segmento exportador / com indicações na faixa de R$ 49,00/50,00 nos portos. No Oeste, chance de negócios na ponta compradora na faixa de R$ 45,00/46,00 no spot.

CÂMBIO – Opera em alta, neste momento, na faixa de R$ 5,93. Ontem fechou em R$ 5,904. (Granoeste – Camilo / Stephan).