Comentário de Mercado

SOJA – CBOT volta a operar em baixa nesta manhã de quinta-feira, a U$ 8,89/agosto, ainda repercutindo a boa evolução das lavouras norte-americanas. Pesa também a ausência de compras chinesas nesta semana.
– Além da perspectiva de safra cheia nos EUA, com produção entre 112,0/113,0MT, o Brasil se apesenta para semear a maior área da história com previsão de colheita na faixa de 130,0/131,0MT.
– Por outro lado, certo otimismo volta a ganhar força com a retomada das atividades econômicas em muitos países centrais diante da clara perspectiva de descoberta de vacinas contra o coronavírus. Petróleo e ativos financeiros estiveram em alta nos últimos dias e acabam dando suporte às commodities.
– Os preços no mercado brasileiro seguem bem sustentados, diante do baixo volume de oferta e da retração do produtor. Os prêmios nos portos giram entre 150/160 cents. Começa a se configurar um quadro de escassez de soja para atendimento do consumo doméstico, com antecipação da entressafra. Em muitas regiões, as indicações de compra estão acima da paridade internacional.
– No oeste do estado chance de negócios entre R$ 110,00/112,00 e em Paranaguá, entre R$ 117,00/119,00.

MILHO – CBOT opera praticamente zerada, a U$ 3,16/setembro. O mercado segue digerindo a surpreendente avalição positiva das lavouras dos EUA. As previsões indicam mais chuvas para o Meio Oeste norte-americano nos próximos dias.
– De acordo com o USDA, a produção argentina deve ficar em aproximadamente 47,6MT de milho da safra 20/21, abaixo dos 50MT da temporada 19/20.
– Apesar da acomodação do câmbio e da CBOT, nos últimos dias os prêmios passaram a subir nos portos, elevando as cotações e, consequentemente, dando suporte para o mercado interno.
– O mercado interno se mostra firme, postado em certa quebra de safra, na expectativa favorável quanto à demanda interna, na boa capitalização dos produtores e na possibilidade de redução de área de milho na próxima safra de verão.
– No oeste do estado foi observado interesse de compra entre R$ 45,50 / 46,50 por saca para produto disponível. Em Paranaguá, indicações na faixa de R$ 50,00/51,00 por saca.

CÂMBIO – Opera em alta nesta manhã de quinta-feira, na faixa de U$ 5,20. Ontem fechou em R$ 5,173. (Granoeste – Camilo / Stephan).